terça-feira, 7 de abril de 2015

Feliz dia do Jornalista / Happy Journalist Day

Hoje 7 de abril é dia do JORNALISTA. Nesse dia só posso dizer que não importa aonde eu ande, não importa o que eu tenha que vir a fazer para pagar minhas contas, o quanto eu caminhe por outros caminhos. No meu coração é isso que sou, essa foi a profissão que escolhi. SOU JORNALISTA, na alma e sinto dor em não poder exercer minha profissão como gostaria, porque nem sempre meu amor pelo jornalismo é retribuído.
Me lembro de quando estava no segundo colegial (entreguei a idade agora) e fui assistir uma palestra sobre profissões e ouvi um rapaz estudante de jornalismo dizer, que ser jornalista era viver uma vida sem rotina, que você poderia estar na cama e o telefone tocar e você ter que sair correndo, pois a matéria não poderia esperar até o dia seguinte. Naquele momento, tive a certeza absoluta de que era isso que eu queria ser. Eu queria ser JORNALISTA.
Ainda hoje nessa vida acadêmica, quando vou a eventos ou quando vejo algo interessante a primeira ideia na mente ainda é, "puta isso daria uma grande matéria", as vezes conversando com pessoas, com histórias que me fascinam penso, puxa isso tinha que ser publicado.
Hoje escrevo mais pro meu blog, pois a falta de tempo e oportunidade me fizeram seguir, mas ainda que algum dia eu não possa escrever em nenhum lugar vou escrever para mim, pelo prazer de cobrir, questionar e noticiar. É isso que eu sou, sou JORNALISTA.
Minha profissão me trouxe experiências incríveis, visitei lugares maravilhosos, conheci muitas pessoas, incluindo muitos que antes eram ídolos, fiz muitos amigos, então pondo na balança acho que os furos dos espinhos valeram a pena pra poder chegar perto das rosas. EU AMO SER JORNALISTA.
Parabéns a todos os amigos de profissão que também sofrem desse amor insano e muitas vezes não correspondido, em especial aqueles que já caminharam comigo e sabem o quanto é duro ser jornalista pret@ no Brasil.
Nesse dia só posso desejar que as redações voltem a ficar cheias de sonhadores que acreditam que o jornalismo é um caderninho de anotações (porque máquina de escrever é muito retrô e Ipad muito moderno eheheh) e grandes ideias e que coberturas o menos parciais possíveis ainda resultam na melhor notícia.
Feliz dia do Jornalista.

Today, April 7th is the JOURNALIST day. In this day I only can say that doesn’t matter where I go or what I need to do to pay my bills, how much I walk for other ways. In my heart this is what I’m, this is the profession that I chose. I’M A JOURNALIST in my soul and I feel painful because I can’t practice my profession as I would like because this love not always is reciprocal.
I remember when I was on high school and I watched a lecture about professions and I heard a boy who was studying journalism say, that being a journalist was to live a life without a routine, that you could be in bed and your phone rings and you need to leave because the new would not wait until next day.  At that moment I was absolute sure that it was what I wanted to be. I wanted to be a JOURNALIST.
Until nowadays, in this academic life, when I go to events or when I see something interesting my first idea is “man this would be a big new”, sometimes talking with people with fascinating stories I really think “gosh it should be published”.
Today I write more to my blog, because a lack of opportunity and time made me follow another path, but even if some day I can’t write anywhere I’ll write for myself, only for the pleasure of cover a new, question and write. Because this is who I’m, I’m a JOURNALIST.
My profession brought me amazing experiences, I visited great places, I met good people, including some that were my idols, I made a lot of friend so if I think about, I think that the hole of the thorns were worthy to get closer to the roses. I LOVE BEING A JOURNALIST
Congratulations to all my colleagues that are also affected by this insane love that most of time is not reciprocal, special those who have walked with me and know how hard is being a black journalist in Brazil.
In this day, I only can wish that our offices can be again full of dreamers who believe that journalism is a notebook (because a type machine is really old  school and an Ipad is to modern lol) and good ideas and that to cover news in a less partial way possible is still what give us the best new.
Happy Journalist Day.