quinta-feira, 26 de abril de 2012

As vitórias podem ser pequenas, mas ainda assim são saborosas! / The victories may be small, but they are still taste!

Esse post vai ser pequeno, o tempo é curto e já é madrugada no Brasil, mas não podia deixar esse post para um outro dia.
Por que pequenas vitórias apesar de pequenas são saborosas? Porque a batalha que as antecede foi longa, uma jornada de anos e que ceifou a vida de muitos que participaram da luta.
Dois anos atrás eu pisei pela primeira vez no Supremo Tribunal Federal, em um momento de grande emoção, em que pela primeira vez a temática racial chegava a Suprema Corte brasileira, em uma audiência pública, para ouvir grupos contrários e favoráveis as ações afirmativas no país.
Ouvir as falas dos participantes foi emocionante  e naquele momento me senti fazendo a história do meu país, assim como ídolos que tanto me inspiraram.
Hoje, as vozes que se fizeram ouvir não apenas naquela audiência, mas também durante os séculos de escravidão e opressão, se fizeram ouvir novamente, quando a mesma Suprema Corte decide por unanimidade que as ações afirmativas no Brasil são constitucionais e podem continuar existindo.
Um sorriso no meu rosto, lágrimas nos meus olhos e preces de agradecimento nos meus lábios, por pensar que meus filhos terão mais oportunidades do que muitos dos que eu conheço tiveram, por saber que talvez eles não sejam mais os únicos em uma sala como eu fui, enfim são tantas esperanças que passam a existir, que se mostra como um grande reforço, pois só penso que a luta vale a pena.
Como diria Martin Luther King sonho em um dia poder cantar "Livres enfim, livres enfim, graças a Deus todo poderoso somos livres enfim".
Mas por hoje agradeço a Deus por essa vitória e trago a passagem de 2 Crônicas 7.14 "E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra."



This post is going to be small, the time is short and it's down in Brazil, but could not leave this post for another day.
Why small victories even they are small they are tasty? Because the battle that have happened before that was long, a journey of years and it cost the lives of many who participated in the struggle.
Two years ago I first stepped on the Supreme Court, in a moment of great emotion, because for the first time the racial issue came to the Brazilian Supreme Court in a public hearing to listen to groups that oppose affirmative action and favorable in the country.
Listening to the speeches of the participants was exciting and I felt at that moment I was making the history of my country, like the idols that inspired me so much.
Today, the voices that were heard not only in that audience, but also during the centuries of slavery and oppression, were heard again, when the same Supreme Court decided unanimously that affirmative action in Brazil are constitutional and can continue to exist.
A smile on my face, tears in my eyes and prayers of thanks on my lips, because I think my children will have more opportunities than many I know have had, knowing that perhaps they are no longer the only ones in a room as I  was finally there are so many expectations that now exist, which shows itself as a great enhancement, because just think that the fight is worth it
As Dr. King said I dream with the day where I can sing "Free at least, free at least, thank God almight we are free at least ".
But for today I'm thankful to God for this win and I bring here the text of 2 Chronicles 7.14 "if my people, who are called by my name, will humble themselves and pray and seek my face and turn from their wicked ways, then I will hear from heaven, and I will forgive their sin and will heal their land."

Nenhum comentário:

Postar um comentário